set 23
Criação de site estratégico

Criação de site estratégico – passo a passo para criar o seu

O mercado de criação de site é repleto de opções para atender todo tipo de necessidade que vão desde sites gratuitos até aqueles que demandam um investimento realmente significativo.

É claro que cada opção tem seus prós e contras, mas com a estratégia certa é possível diminuir os riscos e aumentar os resultados.

Por isso, não crie um site antes de ter uma estratégia bem definida.

Algumas agências de desenvolvimento web já entregam essa parte estratégica como pesquisas de mercado para criar um site que se diferencie da concorrência.

Mas não se preocupe, caso você não possa contar com profissionais especializados em estratégias digitais te ensinaremos a criar a sua neste passo a passo.

O que você irá aprender a fazer neste guia:

  1. Estabelecer um objetivo
  2. Definir a estrutura ideal do seu site
  3. Realizar uma pesquisa de mercado
  4. Definir a persona da sua empresa
  5. Selecionar as palavras-chave relevantes do seu segmento
  6. Aplicar a psicologia das cores na sua marca
  7. Adquirir domínio e hospedagem
  8. Criar a arquitetura da navegação
  9. Criar o site
  10. Otimizar para SEO
  11. Acompanhar os resultados

1) Definição de objetivos que quer alcançar com o site

O primeiro item de uma estratégia bem sucedida é saber onde se quer chegar.

Isso pode parecer simples: quero vender mais.

Mas para que o objetivo seja inteligente é preciso que seja SMART:

  • Específico
  • Mensurável
  • Alcançável
  • Relevante
  • Temporal

Para estabelecer um objetivo estratégico responda a pergunta: como sua empresa irá vender mais com a criação de um site? Agendamento? Contato? Compra direta?

A resposta para esta pergunta deverá ser a essência de toda a comunicação escrita e visual desenvolvida na criação do seu site e todas as ações deverão apoiar o objetivo principal.

2) Escolha da estrutura ideal do site

Essa pergunta tem uma resposta desagradável: depende.

Com bastante experiência é possível saber a melhor estrutura para desenvolver um site apenas pelo segmento e objetivo.

Mas calma que com essas dicas mesmo sem experiência você conseguirá definir qual é a melhor estrutura para o seu site.

One page
Sites de página única  são indicados geralmente para empreendedores, autônomos e empresas que conseguem resumir suas informações ou que apresentam seus diferenciais em imagens.

Site de 4 páginas
Recomendados para pequenas empresas que precisam dividir a estrutura entre comercial e institucional. Geralmente as páginas são divididas em: inicial, sobre, serviços e contato.

Sites de até 8 páginas
Geralmente escolhidos por empresas que precisam dividir suas ofertas em categorias diferentes por terem muitas opções ou por precisarem explicar com maior riqueza de detalhes o que oferecem.

Sites maiores que 8 páginas
Costumam ser selecionados por empresas maiores que precisam de mais espaço para comunicar o que precisam.

3) Pesquisa de mercado para criar um site bem posicionado

O primeiro passo para criar um site estratégico é se colocar no lugar do seu cliente em potencial. Por isso, o primeiro passo é procurar o que você oferece no Google e abrir as primeiras opções que aparecerem.

Pegue um papel, uma caneta e anote:

  • Quais foram seus receios e dúvidas durante a pesquisa? O que causou isso?
  • Houve alguma opção que você descartou de cara? Se sim, por que?
  • Qual foi a opção que você passou mais tempo navegando? Por que?
  • Você se identificou com algum concorrente? Por que?
  • Quais são os pontos fortes e de oportunidade dos principais concorrentes identificados?
  • Quais foram as cores mais predominantes?
  • O que os consumidores estão elogiando ou reclamando em suas avaliações?

Guarde essas informações, elas serão importantes para trabalhar o marketing de posicionamento no seu site. Essa é a uma das melhores formas de garantir que seu site não será aquele que será descartado pelo usuário em poucos segundos.

Pois acredite, em cada pesquisa pelo menos 50% dos sites abertos são descartados sem a possibilidade de uma segunda chance.

4) Definição de persona para desenvolver um site que gere conexão com o público alvo

Qual é o público-alvo da sua empresa? Se você respondeu algo do tipo “mulheres de 20 a 50 anos” volte uma casa imediatamente.

Ao definir um público-alvo tão abrangente sua estratégia vai na contra mão da segmentação e busca atingir boa parte da população.

Sabe aquela frase “melhor um pássaro na mão do que dois voando”? Então! Quando a sua estratégia mira em todo mundo ela não atinge ninguém.

Entenda aqui a diferença entre persona e público-alvo

O principal objetivo dessa estratégia é criar uma comunicação visual e assertiva deixando claro no site que a empresa é a melhor opção.

Para criar sua persona siga estes passos:

  • Analise o perfil dos usuários que avaliaram seus concorrentes no Facebook. O que eles curtem? Quais são suas características pessoais? Selecione 10 perfis e entenda o que há em comum entre eles.
  • Entre em fóruns, yahoo respostas, blogs e páginas relacionadas ao que a sua empresa oferece e leia os comentários para entender quais são as principais dúvidas, desejos e receios de quem compra seus produtos/serviços.
  • Caso sua empresa já tenha clientes preste atenção no que eles perguntam antes de fechar, o que os deixa insatisfeitos e se existe algo em comum entre os clientes mais fieis e satisfeitos.

social commerce

5) Seleção de palavras-chave para criação do site

Essa etapa é super importante para a otimização SEO do seu site e ajudará na criação de textos estratégicos.

O conteúdo da página é tão importante quanto a otimização SEO técnica tanto para engajar os visitantes quanto para ser rastreado e ranqueado pelo Google.

Dicas para definir as palavras-chave certas para a criação do seu site:

  •  Específicas e relacionadas diretamente pela busca da sua oferta. Isso quer dizer que “qualidade” não é uma palavra-chave, já que pode ser buscada por diferentes razões.
  • Dê preferência para as palavras-chave de cauda-longa. Ou seja, “criação de sites responsivos em São Paulo” em vez de “site”. Quanto menos abrangente menor a concorrência.
  • Não tire da sua cabeça, encontre as palavras-chave que realmente são pesquisadas pelo seu cliente em potencial em ferramentas como Answer the Public.

6) Psicologia das cores na criação de site

Em um site, uma cor específica pode ser capaz de triplicar o número de cliques.

Realizamos uma análise de mapa de calor com um cliente que possui um banner em sua loja virtual com duas opções de desconto: 5% e 10%.

Seria difícil acreditar que o usuário poderia prestar mais atenção nos 5% não é mesmo? Mas foi exatamente o que aconteceu!

Mais de 1000 usuários foram gravados e 70% deles deram mais atenção para os 5% do que para os 10%.

O motivo? As cores!

A informação dos 10% estavam dentro de um círculo azul enquanto os 5% estavam dentro de um círculo laranja.

Como o site do cliente tem muitos tons de azul, elementos nesta cor não chamam atenção.

Dicas para utilizar a psicologia das cores no desenvolvimento do seu site:

  • Identifique as sensações que irão impulsionar a compra do que você oferece e selecione as cores para a alcançar estes objetivos. Psicologia das cores: história, significados e efeitos
  • Para utilizar as cores de forma estratégica lembre-se de não desperdiçar seu potencial de chamar atenção. Elementos de conversão como botões “comprar” “agende” “fale conosco” devem se destacar do todo. Para isso, analise o layout do seu site como um quadro e garanta que todos os outros elementos sejam secundários.

Psicologia das cores

7) Domínio e hospedagem

A hospedagem é o aluguel do espaço para inserir seu site na web. Existem milhares de opções mas as dicas dos nossos especialistas poderão te ajudar a escolher os recursos técnicos adequadamente e evitar o risco de cair em uma furada.

Modernidade e atualização
Versão mínima do PHP – 7.1Memória
256M ou mais (ideal 512M)Armazenamento
Mínimo de 100GB de armazenamentoSSL
Cerificado SSL site seguro incluso para evitar custos extras ao ter que adquirir à parte ou ser bloqueado pelo Google

Saiba mais sobre SSL aqui
Painel que permita autonomia
De preferência CPanel que permite alterar as configurações da hospedagem com facilidade
Estas dicas servem para sites de até 8 páginas sem conteúdos muito pesados. Para sites mais pesados o ideal é uma hospedagem não compartilhada, ou seja, um plano VPS.
Saiba mais sobre hospedagens aqui.
O domínio pode ser adquirido diretamente nas empresas de registro como a registro BR por exemplo ou junto com a hospedagem.
Precisa de ajuda para escolher a melhor empresa de hospedagem? Nos chame no WhatsApp.

8) Arquitetura da navegação

Este é um dos itens mais importantes na criação de um site e vem antes da comunicação escrita e visual.
A arquitetura da navegação estabelece um fluxo para que o usuário realize o comportamento de conversão desejada. Lembra que falamos dos objetivos? Então, é aqui que garantimos que esse objetivo será alcançado.
Este item precisa ter em mente a experiência do usuário.
Na prática é a organização do conteúdo de forma a garantir que o usuário não se sentirá confuso ou incomodado ao navegar seu site e que será quase que “impelido” a concluir o objetivo da empresa.
Dicas para criar a estrutura de navegação:
  • Defina as seções de forma que gere uma conversa com o usuário e responda suas principais dúvidas e desejos.
  • Pense no fluxo de links internos
  • Defina o caminho desejado para atingir o objetivo da empresa
  • Crie a planta do seu site no caderno

9) Criação do site

Chegou a hora de colocar em prática todo o planejamento desenvolvido para criar um site estratégico que se diferencie da concorrência e se comunique com o público-alvo.

Escolha se irá fazer você mesmo ou se irá contar com o apoio de profissionais da área.

Caso opte por uma agência garanta que você gosta do estilo visual que ela utiliza em seu próprio site ou em sites que já foram desenvolvidos.

Procure também empresas que já realizam o trabalho estratégico antes do desenvolvimento assim você consegue contar com uma visão especialista para te ajudar a chegar lá.

Se optar por fazer você mesmo procure por ferramentas fáceis de usar e que possuam SEO técnico.

Como saber se minha loja virtual é responsiva

10) Otimização SEO

Ninguém quer criar um site de enfeite, não é mesmo? Por isso é importante que seu site seja otimizado para aparecer nas ferramentas de pesquisa.

Existem alguns parâmetros para que um site fique bem posicionado e alguns deles são possíveis aplicar sem conhecimento técnico de programação.

SEO On Page 

É o conjunto de técnicas SEO com aplicação direta no conteúdo do site como: palavras-chave, título H1, otimização de imagens com alt text, escolha da URL etc

SEO técnico

Trata-se das ações mais técnicas de SEO que são realizadas por desenvolvedores web antenados às novas exigências de otimização.

Essas ações visam deixar o site mais rápido, leve e rastreável pelos robôs do Google.

Alguns exemplos dessa aplicação:

  • Robots.txt
  • Sitemap (XML e HTML)
  • Search Console
  • Compactação de arquivos fonte
  • Compactação arquivos JS e CSS
  • Otimização de Htaccess
  • Compactação de imagens

Divulgação

Não faz parte da otimização SEO mas é parte fundamental dos resultados orgânicos de um site. Isso porque o Google classifica as posições também com base na relevância.

Por isso que atrair um bom número de visitantes é importante mas não é só isso.

É preciso atrair os visitantes certos, do contrário o Google entenderá que seu site não é relevante já que suas visitas duram pouco.

Link Building

Uma outra forma do Google identificar a relevância de um site é através dos links de referência, o motivo disso é que quando um site aponta para o outro ele atribui sua autoridade a este link.

A frase “diga-me com quem andas que te direi quem és” nunca fez tanto sentido, não é mesmo?

Quer saber mais? Leia também posições no Google: como são escolhidas

11) Acompanhe os resultados

Agora que seu site está no ar acompanhe de perto a interação com o usuário para readequar a estratégia se necessário.

Algumas ferramentas que são uma mão na roda para isso é o Google Analytics, que gera informações como gênero, idade, duração da visita, origem etc

E o Heatmap que faz um mapa de calor no site com base nas navegações para mostrar quais são as seções que mais chamam atenção e quais geram mais desistência. Nessa ferramenta é possível identificar os itens com mais cliques e até mesmo visualizar gravações de usuários reais, tipo um big brother dos websites.

Resumo – Criação de site passo a passo

Neste artigo você aprendeu a:

1) Objetivo
Para definir seu objetivo responda a pergunta: como sua empresa irá vender mais com a criação de um site?

2) Estrutura
One page: geralmente para empreendedores ou autônomos

4 páginas: frequentemente utilizado por empresas que precisam dividir o conteúdo entre as seguintes páginas: inicial, sobre, serviços e contato.

Até 8 páginas: usualmente selecionado por empresas que precisam dividir em categorias suas ofertas

+8 páginas: habitualmente escolhido por empresas maiores

3) Pesquisa de mercado
Análise de prós e contras de cada opção para criar um site que se diferencie da concorrência e seja selecionado pelo cliente em potencial

4) Persona
Pesquisa sobre o cliente em potencial para criar uma comunicação escrita e visual que o engaje na navegação e deixe claro que a sua empresa é a melhor opção.

5) Palavras-chave
Criação textos otimizados com palavras-chave de buscas reais através do site Answer the Public.

6) Psicologia das cores
Utilização das cores apenas nos elementos-chave e escolha das cores com base nas sensações que se deseja transmitir.

7) Domínio e hospedagem
Recomendações de hospedagem para sites até 8 páginas:

Versão mínima do PHP – 7.1
256M ou mais (ideal 512M)
Mínimo de 100GB de armazenamento
SSL
O domínio pode ser adquirido diretamente na hospedagem ou nas empresas de registro.

8) Arquitetura da navegação
Definição do fluxo da navegação e planta baixa do site

9) Criação do site
– Sites faça você mesmo: garantir que a ferramenta é fácil de mexer
– Sites com agências: garantir que a agência tem um aspecto visual que te agrade

10) Otimização SEO

– SEO On Page
– SEO Técnico
– Divulgação
– Link Building

11) Acompanhamento
Google Analytics e Heatmap

Ficou com alguma dúvida? Post nos comentários, ficaremos felizes em ajudar!

Renata Furtner

Sobre o Autor

Renata é Psicóloga, especialista em Neuromarketing e Comportamento do Consumidor. Obcecada por café e livros de história, consegue passar horas falando sobre praticamente qualquer assunto.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *