abr 07
Vencendo a Crise

Vencendo a Crise: lições das melhores empresas americanas

Peters e Waterman analisaram 43 das 500 maiores empresas dos Estados Unidos e encontraram 8 características comuns que, segundo eles, são responsáveis pelo sucesso das companhias escolhidas.

O livro foi publicado em 1982 e até hoje é um dos livros de negócios mais vendidos.

Foi traduzido recentemente por isso, este é provavelmente o primeiro artigo sobre o livro em português.

O objetivo deste estudo não era se transformar em um livro. Peters e Waterman eram consultores da empresa McKinsey, líder mundial no mercado de consultoria empresarial e em 1977 lhes foi dado um projeto sobre estrutura e pessoas dentro de organizações.

Com um orçamento ilimitado Peters viajou o mundo para conhecer pessoas de negócio, sem nenhum objetivo ou teoria em mente.

Em 1979 foi solicitado ao Peters que criasse uma apresentação de dois dias para mostrar os resultados de sua pesquisa à Siemens, maior conglomerado industrial europeu e um dos maiores do mundo.

Logo após, foi convidado a apresentar estes resultados à Pepsico, que ao contrário da super estruturada empresa alemã, solicitou um formato mais enxuto e objetivo.

Assim foi construída a teoria In Search of Excellence com o modelo McKinsey 7-S.

Elementos do modelo McKinsey 7-S

  1. Estrutura
  2. Estratégia
  3. Sistemas
  4. Estilo de gerenciamento
  5. Competências – forças corporativas
  6. Equipe
  7. Valores compartilhados

Em 1980 as companhias americanas eram gerenciadas por pessoas que importavam-se mais com números do que com pessoas. E quando falamos sobre pessoas estamos falando também sobre os consumidores.

Os autores verificaram em suas análises que o que era considerado um fator menos importante, tornou-se um elemento sólido para garantir o sucesso à longo prazo das maiores empresas americanas.

É possível resumir a mensagem essencial do livro em 3 itens:

  • Funcionários
  • Clientes
  • Ação

Este é um resumo dos oito temas que também formam os capítulos do livro.

8 temas

  1. Orientação para ação – Tomar ações ativamente, colocar a mão na massa.
  2. Foco no cliente – Aprender através dos consumidores.
  3. Autonomia e empreendedorismo – Fomentar a inovação e incentivar os melhores funcionários.
  4. Produtividade através de pessoas – Enxergar funcionários como a fonte da qualidade.
  5. Valor através da ação – Filosofia de gestão que inspira a prática cotidiana e demonstra compromisso.
  6. Foco – Concentre-se no que seu negócio sabe fazer de melhor.
  7. Processos simples, equipe enxuta – As melhores companhias possuem poucos líderes e poucas camadas de liderança.
  8. Autonomia e centralização simultânea – Promover liberdade independente do cargo centralizando os valores.

Em 2001 Peters disse que se escrevesse Vencendo a Crise hoje não tiraria nenhum dos 8 temas, mas acrescentaria a capacidade de gerar ideias, liberdade e velocidade.

Nos conte se gostou nos comentários, isso irá nos incentivar a trazer mais conteúdos inéditos para você ❤

Quer mais livros inéditos? Leia também Copywriting: guia definitivo para impulsionar suas vendas com a escrita

Renata Furtner

Sobre o Autor

Renata é Psicóloga, especialista em Neuromarketing e Comportamento do Consumidor. Obcecada por café e livros de história, consegue passar horas falando sobre praticamente qualquer assunto.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *